PluriBlog

MAIS SAÚDE: OS SUPER-ALIMENTOS – I PARTE

Mais Saúde: Os super-Alimentos que deveríamos incluir na nossa alimentação …e não conhecemos ou esquecemos na prateleira do supermercado- I Parte

Apesar do termo super – alimento poder ser usado em demasia, há alguma verdade quando o mesmo é usado para rotular alimentos de extrema riqueza.

Os super-alimentos são geralmente naturais, inteiros e contêm altos teores de vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos gordos essenciais ou antioxidantes. A incorporação destes alimentos na alimentação diária melhora de um modo geral a saúde física ao ajudar a compor uma dieta equilibrada

Vamos conhecê-los ou relembrá-los :

LENTILHAS

  1. Lentilhas

Alimento ideal para a dieta a para a saúde, pois é rica em proteína vegetal, que ajuda na formação e no fortalecimento da massa muscular e na cicatrização de ferimentos. A lentilha tem também alto teor de fibras, vitaminas e ferro e pouca gordura, sendo ótima substituta para o feijão do dia a dia ou de outros hidratos de carbono.

batatadoce

  1. Batata Doce

Muitas vezes vista com cara feia, pelo facto de ser doce e por ter grande quantidade de calorias. Mas, mesmo sendo cerca de duas vezes mais calórica do que a batata normal, a batata doce é uma ótima fonte de vitamina C, fibras e potássio, diferente da batata convencional. Além de muito versátil – pode ser usada em pratos doces e salgados -, ela é amiga do verão, pois é fonte de betacaroteno, o componente que potencializa o bronzeado.  

RABANETE

  1. Rabanete

Rosa por fora e branco por dentro, o rabanete é um legume benéfico graças às suas propriedades medicinais. Ele estimula as funções digestivas, limpa as vias respiratórias e reforça o sistema imunológico graças à grande quantidade de vitaminas e minerais, como cálcio, potássio, magnésio e fósforo. 

CHICORIA

  1. Chicória

Rica em oligossacarídeos, um tipo de açucares que não são totalmente digeridas pelo organismo, servem de alimento para as bactérias benéficas intestinais, os chamados probióticos. Auxilia o bom funcionamento intestinal e diminui os níveis de toxina no intestino.

Também melhora a absorção de minerais e controla os níveis de triglicérides no sangue. Outra vantagem é a sua capacidade de desintoxicação, ou seja, auxilia na eliminação de toxinas no organismo. Além disso, constitui uma importante fonte de vitaminas A, B, C e D e de sais minerais. É de baixo valor calórico, sendo excelente para utilizar nas dietas de emagrecimentos. Deve ser consumida crua, para melhor aproveitar o seu valor nutritivo. 

NABO

5 – Nabo

Este vegetal é rico em vitamina C,A , do complexo B , cálcio e potássio. Além disso, as suas fibras contribuem para regularizar o funcionamento intestinal, ajudando na digestão. 

NESPERA

6 –Nêspera

Fruta rica em vitamina C e sais minerais, como o cálcio e o fósforo. Outra propriedade da nêspera é controlar os níveis de gordura no sangue e diminuir a resistência à insulina, atuando assim na prevenção contra diabetes. Estudos indicam que a nêspera apresenta triterpenos, substâncias que modulam a formação de óxido nítrico, que age nas vias respiratórias e tem efeito que pode ser benéfico no controle de bronquite, além de auxiliar no tratamento de doenças alérgicas inflamatórias como asma, rinite e sinusite.

Boas receitas …

Partilhar

Deixa um comentário

O teu e-mail nunca é mostrado. Campos necessários marcados com *

*
*