PluriBlog

O DOURO AQUI TÃO PERTO: UM PASSEIO NUM DIA DE PRIMAVERA !

imagem_0

Douro. O nosso  Douro  não é só ouro, das encostas quentes  douradas e bordeaux do fim do verão, dos vinhos penetrantes  e galardoados.
O nosso  Douro é verde escuro intenso e recolhedor, acompanhando colinas no mesmo tom , calmo e repousado com belos campanários e casario branco.
Sente-se primeiro.

imagem1 (1)

Por uns minutos ou umas horas, tire a máscara, ou as máscaras, e repouse o olhar na natureza. Sinta como tudo é grandioso e perfeitamente conjugado, como os verdes se misturam, como o rio desliza e envolve o verde em  abraços longos e suaves.

imagem_2
Desça depois,  a encosta até à pequena capela à beira rio.   A única,  e perfeita, ligação da  religião, católica neste caso, com o resto do universo.

3
Toque  a água,  dê um pequeno passeio de barco, veja  as conversas do rio , ouça os sinos e regresse para o jantar.  Comece num gin,  ainda a olhar para o rio e  descubra as histórias da quinta e da família que tão bem a preservou. Acompanhe com camarões salteados, vieiras, cogumelos, enchidos e, claro, broa de Avintes. Avance para o bacalhau, mas reserve-se para a sobremesa – O Escangalhado – bolo  folhado, de estranha forma, nome e  modo de degustar. O  sabor é   irresistível.

4
Tudo isto numa tarde quente de Primavera  com sabor a Verão,  mesmo às portas da grande cidade  – Gaia-   na Quinta da Velha – Olival – Vila  Nova de Gaia.

5
Um agradecimento à  Olinda Pereira por nos ter levado até lá  no seu  aniversário . Parabéns!

Partilhar

Comentários (2)

  • Florbela

    Douro. Maravilha dos meus olhos. Tão belo, tão mágico!

    Colocado a 21 Maio, 2015 às 11:27 | Permalink
  • Anabela

    Douro é vida !

    Colocado a 23 Maio, 2015 às 15:00 | Permalink

Deixa um comentário

O teu e-mail nunca é mostrado. Campos necessários marcados com *

*
*