PluriBlog

O MEU ALGARVE

Quinta-do-Lago-1

O meu Algarve

O meu Algarve é mar doce e calmo. É verde claro, quase transparente, serpenteando e namorando rochedos e escondendo-se em pequenas lagoas ou, subitamente , de um intenso e ofuscante azul brilhando sob o sol, abraçando as falésias douradas e inclinando-se em ondas suaves sob a areia fina, quente e movediça.

O meu Algarve são encostas de laranjais e figueiras onde repousa o põr-do sol que, sabe-se lá porquê, fugiu do mar. As encostas, então de um verde dourado, agradecem aconchegadas antes de a noite chegar e o mar corre silencioso à procura da lua, que lhe oferece brilhantes tons de verde cinza.

O meu Algarve tem praias sem pressa, caminhadas sem destino, recantos de sabor a camarão da Quarteira e peixe fresco acabado de grelhar, para depois derreter os corpos agora dourados e ousados.

O meu Algarve esconde-se entre os pinheiros mansos na hora de repousar e embala-nos na sua voz de tons árabes cantada e encantada. E, magicamente , teremos de regressar.

Partilhar

Deixa um comentário

O teu e-mail nunca é mostrado. Campos necessários marcados com *

*
*