PluriBlog

RECOMEÇAR

Um novo ano é sempre uma possibilidade convertida em crer e em querer.

Neste sentir trago-vos dois poemas o primeiro de minha autoria e o segundo do grande poeta Miguel Torga .

 

Bom Ano 2015 !!!

Recomeçar

 

Metade imperfeita

 

Somos rapidez,

corremos em rodopio,

estacamos no perfeito óbvio.

Somos lentos,

daquela lentidão

pasmada na varanda do tempo.

Somos a metade imperfeita,

não ousamos outra.

 

Teresa Freitas in “ Infinita Leveza”

 

 

Recomeçar

“ Recomeça….
Se puderes
Sem angústia
E sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar e vendo
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças…”

 

Miguel Torga

Partilhar

Deixa um comentário

O teu e-mail nunca é mostrado. Campos necessários marcados com *

*
*