PluriBlog

(RE)DESCUBRA A RUA DAS FLORES – PORTO

1 RUA DAS FLORES

Primeiro estranha-se. Falta o paralelo granítico do nosso Porto. Largas lajes cinza claro vieram substituí-las. Depois percebe-se. A Rua das Flores está mais larga, mais luminosa. Há vida às janelas, nas portas, no caminho, agora sem carros, onde florescem pequenas esplanadas.

2

Infografia-Rua-das-Flores-FINAL

As lojas são nossas, das ourivesarias cobertas de belo rendilhado dourado de Viana, aos bordados trabalhados em cores frescas e alegres. Chamam para pequenos presentes.

Os livros, nos vários alfarrabistas, recordam o Porto e a nossa história em páginas escurecidas, cor de tabaco. Cheira a páginas muitas vezes desfolhados e a paz.

3 alfarrabista-PORTO

Comem-se pataniscas de bacalhau, moelas, enchidos ou francesinhas, acompanhadas por elegantes copos de vinhos portugueses em contemporâneas esplanadas.

4-esplanada

Visite a majestosa igreja da Misericórdia. Belíssimos azulejos azuis, recortando a cruz de Cristo, cobrem parte da fachada, resguardados por imponentes grades que trazem mistério e recolhimento.

5-igreja-da-Misericordia

Descubra as belas casas apalaçadas, umas rigorosamente restauradas outras, ainda, rigorosamente esquecidas. Entre elas o museu das marionetas. Entre e penetre mais profundamente no sentir Português.

Vá descendo a rua até ao Largo de S. Domingos. Aqui a cidade alarga-se. À esquerda nasce a Sé sobre a encosta e à nossa frente avista – se Gaia e o seu belo aqueduto romano.

6-Sé

Siga a rua da Bolsa, visite o Palácio da Bolsa e relembre que os árabes marcaram mais de quinhentos anos da nossa história, quando olhar o rigor, o brilho e o encanto do Salão Árabe. Siga até à igreja de S. Francisco, belíssimos altares dourados no granito total são o expoente do Porto católico.

7-Salão-Árabe

Escolha para almoçar ou jantar os sabores portugueses nos restaurantes do Largo, todos de toque contemporâneo.

8-RESTAURANTE-TRAÇA

 

Termine a noite, se for o caso, nos sons do novo Hard Club no antigo mercado Ferreira Borges, mesmo ao lado.

Belo Porto, bela baixa!
Bom estar aqui!

 

Partilhar

Deixa um comentário

O teu e-mail nunca é mostrado. Campos necessários marcados com *

*
*